Namoro entre crianças

Essa semana a Diretora da pré-escola dos meus filhos, quem eu admiro muito, expôs sua opinião a repeito desse assunto: os comentários e brincadeiras que os adultos fazem em relação a namoro entre as crianças. 

Como eu concordo inteiramente com a opinião dela resolvi compartilhar o que ela colocou para que pudessemos refletir sobre o assunto:

“Vivemos num mundo que as crianças não são pensadas com base na sua capacidade de suportar estímulos inadequados ao seu desenvolvimento físico e psíquico.

Muitas vezes, acredito que até na maioria delas, o adulto age dessa forma por ignorar o efeito negativo de tal conduta.

Estimular ou tolerar a brincadeira que fulano é namoradinho de sicrana autoriza a criança a ocupar seus pensamentos com questões do universo adulto.

Sabemos de pesquisas apontando um encurtamento da infância, com conseqüências hormonais importantes e não é isto que queremos para as crianças.

Aqui dizemos para os alunos que crianças não namoram, só quando já são grandes!”