Como preparar uma caça ao tesouro

Sempre tive um grande encantamento por tesouros, pedras preciosas, piratas, mapas e afins. Adorava a mina dos anõezinhos da Branca de Neve e fiquei fascinada com os Piratas do Caribe na Disney.  

Antes mesmo de ter filhos já imaginava preparar uma caça ao tesouro para eles. A oportunidade veio com o aniversário de quatro anos da minha filha, que comemoramos no Jardim Botânico.  

O tema da festa, sua sugestão, foi A Pequena Sereia, e foi uma feliz coincidência que veio bem a calhar. O fato de a Ariel ser uma sereia e nadar por naufrágios no fundo do mar foi o gancho que eu precisava.  

Nessa idade as crianças começam a viver de forma bem forte o mundo da imaginação e é muito importante que nós pais participemos disso entrando no jogo e estimulando com brincadeiras.  

Já no convite mencionei a caça ao tesouro para que entrassem no clima. Para a minha filha contei que sua madrinha que acabara de voltar da Disney havia estado com a Ariel, e a Ariel sabendo que a festa dela seria no Jardim Botânico enviou um mapa de um tesouro de piratas que estava enterrado no parque. 

O mapa do tesouro

Para preparar um legítimo mapa do tesouro você vai precisar de uma folha de papel grande branca. Pode ser essas de flip chart. 

O primeiro passo é envelhecer o papel. Isso você consegue molhando um algodão em chá forte ou café e passando no papel. Use um secador de cabelos para secar o papel e ir vendo o resultado. Faça isso dos dois lados.  

Depois de bem seco, com uma vela acesa queime a volta toda do papel. Peça ajuda de outra pessoa para segurar o papel enquanto você passa a chama da vela. Faça pequenos trechos de cada vez e vá apagando. Procure um lugar seguro e tenha muito cuidado para evitar acidentes e incêndios. 

Deixe para fazer o mapa quando as crianças não estiverem por perto. 

Depois basta desenhar o mapa de acordo com o local da caça ao tesouro e as pistas que vai sugerir. 

Como as crianças da festa ainda não sabiam ler fiz um mapa com muitos desenhos usando lápis de cera. 

 

O baú do tesouro

Com o mapa pronto você vai precisar fazer o tesouro. Queria fazer um tesouro bem realista e então encontrei um site americano que vende o baú de papelão para montar e moedas de plástico de ouro e prata. Era tudo o que eu precisava. 

Além das moedas, coloquei dinheirinho de papel (reais), colares, pulseirinhas, anéis de plástico e chocolates, comprados no centro do Rio. Ficou o máximo. 

 

Site onde comprei o baú, moedas e colares: MardiGrassOutlet.com 

 

A caça ao tesouro

Antes de mais nada combine com alguém para esconder o tesouro em um lugar previamente definido. 

Junte as crianças e conte uma história introdutória. Mostre o mapa e vá dando as instruções. A complexidade deve variar de acordo com a idade das crianças. No meu caso foi tudo muito simples. Instruções como contorne o chafariz, dê cinco passos para o lado, três voltas no mesmo local, etc. foram o suficiente para garantir a bagunça. Eles simplesmente adoraram. 

A minha idéia inicial era depois de encontrar o tesouro sentar com as crianças e dividir entre todos. Para isso havia até comprado saquinhos de TNT. Doce ilusão. Quando viram o tesouro eles avançaram e começaram a encher os bolsos de moedas, pendurar os colares, uma farra. Por isso é importante um tesouro bem farto para que ninguém fique sem nada. Guarde alguma coisa com você para o caso de alguma criança ficar sem. 

Caso as crianças sejam um pouco mais velhas as pistas poderão ser mais complexas e exigirão um planejamento maior.