Dormir de barriga para cima é mais seguro!

Você sabe qual é a posição mais segura para o bebê dormir? É de barriga para cima.

A morte súbita é uma das maiores causas de mortes entre bebês até um ano de idade. Em muitos casos ela acontece porque o bebê está de lado ou de barriga para baixo, uma posição incorreta para dormir pois o bebê respira um ar menos puro, ou seja, ele respira parte do ar que deveria ser eliminado.

As pesquisas baseadas em evidências mostram que dormindo de barriga para cima, diminuem as chances do bebê morrer por sufocamento e asfixiamento.

Caso você acredite que dormindo de barriga para cima o bebê irá se afogar com seu vômito, saiba que estudos mostram ser reação natural do bebê tossir e, com isso,  não respirar o vômito e ainda chamar a atenção dos pais.

Dormir bem, é dormir com segurança!

O que é a Morte Súbita?

Morte Súbita é o nome que se dá para a morte de crianças menores de 1 ano de idade que morrem de forma inesperada e sem explicação durante o sono. Ela também é conhecida como “morte do berço”.

Embora a causa da Morte Súbita seja desconhecida, existem alguns fatores que aumentam o risco de ela acontecer. A Pastoral da Criança, com o apoio de várias entidades lança essa campanha com dicas simples para que os pais e cuidadores possam coloca-lás em prática. Juntos reduziremos os riscos de morte súbita e favoreceremos o bem estar e a saúde de nossas crianças.


Cuidados na hora de dormir

Os riscos de dormir de lado são semelhantes a dormir de barriga para baixo. Essa posição é instável e muitos bebês rolam e ficam de barriga para baixo.  

Colocar o bebê para dormir com muita roupa é um dos fatores de risco de morte súbita.

É importante ficar atento as seguintes recomendações na hora de vestir seu bebe para dormir:

Evitar o excesso de roupas e fraldas que possam dificultar os movimentos do bebê e superaquecer.

Deixar os braços do bebê livres, para fora das cobertas, assim, evita-se que ele deslize na cama e fique com a cabeça embaixo das cobertas.

Deixar a cama livre de almofadas, travesseiros, “cheirinhos” (paninhos usados por algumas crianças para dormir), bichos de pelúcia e outros brinquedos que possam dificultar a respiração do bebê.

A temperatura do quarto deve ser confortável para um adulto vestindo roupas leves. O bebê não deve parecer quente ao ser tocado.

Veja também:

Deixe uma resposta