Como tratar e evitar a brotoeja

As brotoejas ou brotoeja são irritações ou bolinhas e pequenas bolhas avermelhadas que costumam aparecer na região do pescoço e dobrinhas em geral dos bebês e crianças, principalmente no verão. A causa da brotoeja é o suor.

Segundo a dermatologista Marcela Lunardi seu nome científico é miliária rubra e sua causa é a obstrução dos dutos sudoríparos desencadeada principalmente pelo calor intenso associado à umidade elevada. Devido à obstrução e a inflamação, o suor não chega à superfície da pele do bebê, ficando retido e causando irritação, freqüentemente com coceira.

O tratamento indicado para prevenir a brotoeja é colocar a criança em ambiente fresco e ventilado ou com ar condicionado usando roupas leves, preferivelmente de algodão.

Podem ser usados para o tratamento da brotoeja nas regiões afetadas: pasta d’água, loção com calamina ou talco líquido, encontrados em qualquer farmácia. Ou ainda a Maizena, já conhecida do tempo das vovós.

Dica: Dissolver um punhado de Maizena em uma jarra de água e derramar sobre o bebê após o banho. Dessa forma o bebê não aspira a Maizena em suspensão no ar.

Além dos citados acima existe o Cutisanol Gel, também encontrado em qualquer farmácia. Esse produto foi o que mais fez efeito no tratamento das brotoejas do meu filho. O Rio de Janeiro, além de quente é muito úmido, então as crianças sofrem muito com o calor e as brotoejas aparecem muito rápido. Com o Cutizanol eu vi uma grande melhora de um dia para o outro. Ele tem também a vantagem de não sujar as roupas e nem ficar escorrendo junto com o suor da criança.

Veja também:

Deixe uma resposta