A consistência ideal da papinha dos bebês

Quando começamos a oferecer papinhas para os bebês, seja de frutas ou legumes, costumamos processar ou bater no liquidificador até formar um creme. Achamos que essa é a consistência adequada para que os bebês não engasguem.

 E assim muitas mães continuam, por meses, mesmo quando o bebê já tem alguns dentinhos.

 No entanto, desde o início, com seis ou sete meses, devemos oferecer os legumes e frutas amassados e passados na peneira e logo em seguida, apenas amassados com o garfo. Segundo os fonoaudiólogos, mesmo sem dentes, o bebê já começa a exercitar a musculatura da boca e os movimentos da língua e de mastigação.

Esse exercício é super importante para prepará-lo para a fala. Quando o bebê só engole um creme essa musculatura não é trabalhada.

 Outra dica importante, dessa vez vinda dos nutricionistas, é não misturas os legumes e frutas das papinhas. Os legumes devem ser colocados no pratinho separados, e oferecidos ora juntos, ora misturados na mesma colher. Isso é importante para o bebê conhecer o diferente sabor de cada alimento.

Veja também:

Deixe uma resposta