Batizado e o seu real significado

BatismoBatizar os bebês é uma tradição. É raro encontrar alguém que não foi batizado mesmo vindo de família pouco ou quase nada religiosa. Casar na igreja é opcional mas batizar os filhos virou quase um evento social. Logo que a criança nasce surge a indagação de quem serão os padrinhos. Nessa hora vale uma reflexão sobre o significado do batismo e o real papel dos padrinhos.

O batismo é o primeiro dos sete sacramentos da Igreja Católica. Recebendo esse sacramento a criança nasce para a fé e para a vida cristã. Por trás de cada gesto nessa cerimônia há um importante significado como a água que é jogada sobre a testa da criança, que representa vida nova, o óleo que simboliza a força da graça de Deus contra o mal; purificada e da vela, que é a luz da fé; a roupa branca é um importante símbolo deste ritual, que indica a pureza do corpo e da alma daquele que está recebendo o batismo.

Os padrinhos geralmente são escolhidos por serem pessoas queridas pela família. Mas só isso não basta. Ao aceitar o convite para batizar um bebê os padrinhos assumem, junto com os pais, a responsabilidade pela educação religiosa da criança. Quando falamos em “padrinho” e “madrinha ou “compadre” e “comadre” estamos especificando a pessoa que estará junta “com o pai” e “com a mãe”.

Por isso é importante que eles sejam cristãos praticantes, mesmo que os pais sejam indiferentes em relação a vida espiritual do filho, a função do padrinho e da madrinha é de intervir e/ou substituir os pais nesta missão. Quando os padrinhos são presentes e participam da vida do afilhado ambos ganham, a criança, que se sente amada e valorizada e os padrinhos, que tem a chance de vivenciar as descobertas puras e genuínas da infância.

Veja também:

4 Respostas para “Batizado e o seu real significado”

  1. adorei sim devemos ser batizados

  2. Batizar os bebês é uma tradição. É raro encontrar alguém que não foi batizado mesmo vindo de família pouco ou quase nada religiosa. Casar na igreja é opcional mas batizar os filhos virou quase um evento social. Logo que a criança nasce surge a indagação de quem serão os padrinhos. Nessa hora vale uma reflexão sobre o significado do batismo e o real papel dos padrinhos.

    O batismo é o primeiro dos sete sacramentos da Igreja Católica. Recebendo esse sacramento a criança nasce para a fé e para a vida cristã. Por trás de cada gesto nessa cerimônia há um importante significado como a água que é jogada sobre a testa da criança, que representa vida nova, o óleo que simboliza a força da graça de Deus contra o mal; purificada e da vela, que é a luz da fé; a roupa branca é um importante símbolo deste ritual, que indica a pureza do corpo e da alma daquele que está recebendo o batismo.

    Os padrinhos geralmente são escolhidos por serem pessoas queridas pela família. Mas só isso não basta. Ao aceitar o convite para batizar um bebê os padrinhos assumem, junto com os pais, a responsabilidade pela educação religiosa da criança. Quando falamos em “padrinho” e “madrinha ou “compadre” e “comadre” estamos especificando a pessoa que estará junta “com o pai” e “com a mãe”.

    Por isso é importante que eles sejam cristãos praticantes, mesmo que os pais sejam indiferentes em relação a vida espiritual do filho, a função do padrinho e da madrinha é de intervir e/ou substituir os pais nesta missão. Quando os padrinhos são presentes e participam da vida do afilhado ambos ganham, a criança, que se sente amada e valorizada e os padrinhos, que tem a chance de vivenciar as descobertas puras e genuínas da infância

  3. eu estou estudando sobre batismo na catequese e eu estou achando muito interessante!!!! e adorei o que eu li aqui!!!
    thauuu até logo

  4. Valeu pela ajuda precisava fazer trabalho da catequese e me ajudou bastante isso

Deixe uma resposta